Messias

Messias

Yoel Halevi No Comments

A palavra משיח – Mashiach – Messias é derivada da raiz משח que é principalmente associada com a ideia de colocar óleo sobre alguma coisa ou sobre alguém. O ato de ungir era realizado como um ato de dedicação de uma pessoa ou um item para um serviço (principalmente para Deus). Neste artigo eu vou olhar dentro das bases deste ato e do significado do título Messias.

Uso Básico

Na Bíblia nós encontramos dois usos básicos para o óleo, consumo e unção para uso medicinal/cosmético e ritualístico/religioso. Azeite de oliva era considerado um dos itens domésticos mais básicos, que era usado como base para alimentos, devido ao seu alto valor calórico e seu valor saudável (Katz, 2008, 35) e como um presente de Deus. É minha assunção (embora eu ainda tenha que descobrir alguém que tenha provado isto) que óleo era considerado um presente de Deus porque ele ajudou a população do oriente médio a criar um superávit que permitia a riqueza. A riqueza é uma característica comum no pensamento Bíblico como um sinal de bênção (Levítico 26:3-5;10, Deuteronômio 28:11-12). Assim, parece lógico que tal item simbólico, que representa saúde, riqueza e presente divino seria usado para simbolizar um favor divino sobre a cabeça de uma pessoa.

Quem Era Ungido

As duas pessoas mais comuns a serem ungidas eram o sumo sacerdote do Templo Hebraico e os reis de Israel e Judá. Alguém pode também especular que talvez os sacerdotes regulares eram também ungidos, contudo este assunto é debatido devido às diferentes descrições na Torah (Levítico 8:12; Números 3:3). O sumo sacerdote é também referido como המשיח הכהן Hakohen Hamashich  – O sacerdote ungido (Levítico 4:3), indicando a diferença entre o sumo sacerdote, que é ungido, e os sacerdotes regulares. O segundo tipo de unção foi como o de Saul (1 Samuel 10:1), Davi (1 Samuel 16:13), Salomão (1 Reis 1:39) e Jeú (2 Reis 9:6). Nós encontramos a ideia de ser apontado como rei sem o real ato de unção nos casos de Abimeleque (Juízes 9:15) e Absalão (2 Samuel 19:11).

Uma coisa interessante é que a maioria dos casos na Bíblia onde esta raiz aparece são no livro de Samuel, onde ela é muito enfática. Eu acho que em Samuel é apontado devido ao conflito entre Saul e Davi, que foram ambos ungidos. Existe uma interessante nota nos escritos rabínicos que apenas quando havia uma disputa um rei era ungido, mas em outros casos eles não eram ungidos, porque Davi tinha sido ungido no passado e aquilo ungiu toda a linhagem. Quando um texto não diz algo, nós podemos assumir que isto aconteceu, mas nós não temos prova de que realmente aconteceu. 

Embora possa ser argumentado que mesmo quando o ato em si não é mencionado seria lógico que ele foi feito. Contudo, no caso de Abimeleque, ele está apenas referenciando ao ato de fazer alguém rei e não que o óleo foi realmente usado (embora eles provavelmente teriam usado). Abimeleque está usando o verbo “ungir” como uma referência à ideia geral de fazer alguém rei, que era principalmente reconhecido como o ato de unção. 

Além da unção de pessoas, nós também encontramos a unção de itens no Templo, como descrito na dedicação no Tabernáculo (Levítico 9:10).

Poderia Significar Outra Coisa?

Tem sido identificado por dicionários modernos que משח  é usado para indicar o apontamento de uma posição, independentemente do real ato de colocar óleo, devido aos usos mencionados mais cedo (Kedarri, 2006, 672). Contudo, para satisfazer essa interpretação, eu sugeriria outra camada de informação. 

Uma diferente abordagem pode ser encontrada se nós usarmos filologia comparativa. É importante perceber que muitas palavras em Hebraico encontram suas origens em outras línguas e, no caso de משח , nós podemos encontrar um paralelo em Akadiano. משח é uma palavra que vem da palavra Akadiana  “miŠihtu”, que significa uma “porção”, significando que quando alguém é “ungido”, esta pessoa está recebendo uma porção  (Tawill, 2009, 226). O que isto implica é que não é a unção com óleo que é o ponto, mas o que a pessoa recebe. Alguém pode ser “ungido” mesmo sem óleo e o óleo era apenas o símbolo externo de algo muito mais profundo. Este princípio pode ser encontrado na porção de Aaron e seus filhos, onde a unção literal é a abertura para os presentes que eles recebem devido à sua posição (Levítico 9 usa a raiz מלא – encher, múltiplas vezes). É interessante que “encher as mãos” é uma ideia repetitiva na unção dos sacerdotes e indica o significado Akadiano (8:33, 21:10, 16:32).

Outros Usos na Bíblia

Existem alguns lugares onde está claro que o óleo não foi colocado sobre a pessoa. É muito possível que o significado original fosse um e se tornasse outro com o tempo. Isto, contudo, não  muda o fato que o óleo era usado na maioria dos casos.

O ponto a ser feito aqui não é os casos literais no texto Hebraico, mas, ao invés disso, a intenção original da palavra. Não existe dúvida que o Hebraico usa a raiz para significar o real uso de óleo, contudo, a forma que o Akadiano a usa pode verter luz sobre o uso antigo da palavra e é possível que ela tenha viajado para dentro do Hebraico do Akadiano. Nós encontramos a raiz sendo usada em uma forma não literal, tal como em Lamentações 4:20, Habacuque 3:13 e Isaías 45:1, 61:1. Mas este não é o principal argumento, porque alguém pode argumentar que ela foi emprestada do significado literal. 

O caso de Habacuque é um caso interessante, onde a palavra para povo é sinônimo com ungido, fazendo do povo o ungido.

“Tu vens para salvar o Teu povo

para salvar o Teu ungido”.

É possível, contudo não provado, que a palavra “ungido” está sendo usada aqui no sentido de “Tua porção”. Embora isto seja um “pouco” forçado, nós encontramos עם e נחלה como paralelos e isto pode ser um caso raro, onde משיחך substitui נחלה. Porque esta conexão na Bíblia é poética, nós podemos algumas vezes encontrar usos incomuns e mesmo raros. 

Conclusão

É possível argumentar que משח originalmente significava “porção” e, com o tempo, foi usado para significar “alguém que é ungido com óleo”.  O principal significado        provavelmente significava receber uma posição ou apontamento e, com o tempo, ungir com óleo se tornou o padrão. Nós podemos estar olhando para um caso onde uma ação recebeu sua palavra verbal devido a um significado prévio.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Join My Group Bible Class TODAY!

The class is done in a virtual class room with multiple participants. We meet on Sundays at 11:45am US eastern, or 6:45pm Israel time. You do not need to know Hebrew for this class, and you also receive a recording of the classes every month. For the link and how to join, click the More Info Button to email us.